Fandom

Students

USP/Software Livre/Resposta ao protesto contra mudanças em MAC2166

< USP | Software Livre

1,331pages on
this wiki
Add New Page
Talk1 Share

Ad blocker interference detected!


Wikia is a free-to-use site that makes money from advertising. We have a modified experience for viewers using ad blockers

Wikia is not accessible if you’ve made further modifications. Remove the custom ad blocker rule(s) and the page will load as expected.

Seja um aluno realmente informadoEdit

Este texto é um contra-argumento em resposta ao "protesto contra mudanças em MAC2166". Diversas cópias deste protesto (de autoria desconhecida) foram encontradas nas salas do Biênio no dia 13 de Março.

De fato, os professores têm um ideal em mente ao sugerir o uso de software livre. Mas isto não é de modo algum uma imposição autoritária. O uso do sistema GNU/Linux, apesar de fortemente encorajado, é absolutamente opcional.

Compilador de referênciaEdit

Foi adotado o gcc como o compilador de referência para a disciplina. Isto significa que os EPs entregues serão avaliados utilizando o gcc. Como o gcc segue as especificações ANSI da linguagem C, basta utilizar um compilador que siga as mesmas especificações. Entretanto, a melhor forma de ter certeza de que não haverá nenhum problema é, de fato, usar o gcc. Mas isto não implica em ter que instalar um sistema GNU/Linux em seu computador, pois o gcc tem versão para Windows também (o DevC++ é uma interface de programação que, internamente, utiliza a versão para Windows do gcc). Fica a critério do aluno decidir o que irá utilizar para fazer seus EPs. Outra forma de utilizar o gcc sem instalar o GNU/Linux é através de um LiveCD de alguma distribuição, como a do Ubuntu que o grêmio distribuiu, por exemplo.

Livre-se deste dilema moralEdit

Acreditamos que seja sensata a decisão dos professores de MAC2166 ao adotar uma ferramenta implementada em software livre (compilador gcc), pois isto permite que os alunos tenham liberdade de escolha na hora de definir que sistema desejam utilizar em seus computadores pessoais. Considere, em contraste, cursos que definem como ferramentas de referência softwares que dependam exclusivamente da plataforma Windows. Nestes casos, o aluno é colocado em um dilema moral: piratear o sistema Windows, ou comprá-lo por preços absurdamente caros? Sendo assim, fazemos questão de rebater as críticas falaciosas do "protesto contra as mudanças em MAC2166" mostrando que, na realidade, a adoção de softwares que rodem apenas em Windows é que seria um problema grave.

A primeira dose é de graçaEdit

Para o dilema moral descrito acima, empresas de software proprietário costumam oferecer uma solução um tanto estratégica para a manutenção de seu império:

Oferecem para os estudantes licenças gratuitas de seus programas!

Com esta prática, eles garantem que os jovens universitários se tornarão efetivamente dependentes de sua tecnologia e a levarão para dentro das empresas em que forem trabalhar no futuro. Depois de adquirir o vício tecnológico, vem a segunda dose... $$$ !!!

Apoio ao Software LivreEdit

O Grêmio Politécnico apóia o software livre, por acreditar que se trata de um movimento comprometido com o conhecimento público e de fundamental importância para um processo de inclusão digital efetivo.

Bate-papo com os estudantesEdit

Semana que vem, em data e horário ainda a serem definidos, organizaremos um bate-papo sobre o assunto entre os alunos e professores. O evento será realizado no Grêmio. Fique atento aos avisos nos murais onde divulgaremos a data e o horário do evento.

gestão Colabora!

Grêmio Politécnico 2007

TO DO:Edit

horário e data para o bate-papo ainda a definir

RepostaEdit

Nem tudo são flores. O programa oficial da disciplina, distribuído no início do ano, cita o GNU/Linux como elemento obrigatório, e apenas após o protesto foram incluídas informações sobre o DevCpp tanto no site quanto no discurso dos professores. Haviam, inclusive, pessoas do grêmio fazendo terrorismo com os pobres coitados dos calouros, dizendo que iriam perder nota se não testassem o EP no Linux, ao invés de simplesmente ensinarem os colegas a configurar o DevCpp para o modo ansi, mode "pedante" e com -Wall.

É incrível como pessoas de pensamento esquerdista simplesmente se recusam a ajudar o próximo quando a ajuda pode contribuir para que as pessoas tomem decisões que são contrárias ao que o esquerdismo prega. Preferem manter as pessoas na escuridão, mas pelo menos sobre o controle dos camaradas e dos grupos de camaradas. Deveriam ser mais honestos e simplesmente ajudar o próximo, permitindo que as pessoas tomem suas próprias decisões, ao invés de tentarem manipular os calouros, para que os interesses da cartilha de esquerda do grêmio sejam os vencedores.

Pessoas do grêmio pediram, recentemente, que o fórum de MAC tivesse seu acesso restrito aos alunos da disciplina, uma vez que os políticos de plantão já tinham em mãos contas irregulares, emprestadas de calouros, e não seria interessante que pensamentos divergentes fossem expostos ou que a desinformação disseminada pelo grêmio pudesse ser vista pelo restante da comunidade politécnica. Assim como na antiga USSR, os camaradas ainda possuem uma certa alergia a liberdade e transparência.

O protesto foi, portanto, um elemento positivo. Vale a pena lembrar que o Grêmio é sempre a favor de protestos, contanto que sejam de esquerda, não é? O pensamento esquerdista não permite que existam críticas ao formato padrão do pensamento alternativista / comunista. É curioso que um grupo que proteste tanto seja completamente hostil a protestos ou disseminação de informações.

Also on Fandom

Random Wiki